- DESEJO SEXUAL HIPOATIVO -

A característica essencial do Desejo Sexual Hipoativo consiste numa deficiência ou ausência de fantasias sexuais e desejo de atividade sexual e causar acentuado mal estar ou dificuldades interpessoais. 

O baixo desejo pode ser global e envolver todas as formas de expressão sexual, ou pode ser situacional e limitado a um parceiro ou a uma atividade sexual especifica (por exemplo, relações sexuais mas não masturbação).

Existe pouca motivação para procurar estímulos sexuais e a frustração quando privado da expressão sexual é reduzida.

O sujeito habitualmente não inicia a atividade sexual ou pode apenas envolver-se nela com relutância quando ela é iniciada pelo parceiro. Se bem que a frequência de experiências sexuais seja habitualmente baixa, a pressão do parceiro ou necessidades não sexuais (por exemplo, para conforto físico ou intimidade) pode aumentar a frequência dos encontros sexuais.

Um baixo desejo está frequentemente associado a problemas de excitação sexual ou a dificuldades no orgasmo (mas não obrigatoriamente).

Podem ser causa desta disfunção:

- problemas com a imagem corporal;

- preocupações acerca da sobrevivência (exemplo, dificuldades económicas)

- dor;

- perturbações depressivas;

- conflitos conjugais.

ATENÇÃO: o aparente "baixo desejo" num parceiro pode, ao invés, refletir uma excessiva necessidade de expressão sexual pelo outro parceiro (veja vicio sexual). 

Nota: estas informações foram retiradas parcialmente do DSM-IV TR​

Campo Grande, N. 4, 6º Dt

1700-092 Lisboa

Tel: 969091221

  • Facebook Social Icon
  • Blogger Social Icon