- DISFUNCÃO ERÉTIL -

A característica essencial da Disfunção Erétil no homem consiste na incapacidade persistente ou recorrente de obter ou manter uma ereção adequada até à conclusão da atividade sexual.

Existem diferentes padrões de disfunção erétil. Alguns homens apresentam incapacidade total em obter qualquer ereção. Outros queixam-se que, embora tenham uma ereção adequada existe perda da tumescência ao tentar a penetração. Outros ainda relatam que chegam a conseguir fazer a penetração mas que esta diminui durante os movimentos sexuais.

Alguns homens apenas conseguem ter ereção durante a auto masturbação ou ao acordar.

A Disfunção Erétil constitui um grave golpe no auto conceito masculino, associa-se a sentimentos de vergonha, frustração, depressão e até ideação suicida.

 

As dificuldades eréteis estão frequentemente associadas com ansiedade sexual, medo de "falhar", preocupações acerca do desempenho sexual e uma redução da sensação de excitação e prazer sexual. Uma disfunção erétil é capaz de perturbar um relacionamento conjugal ou sexual existente. Pode estar associado com Perturbação de Desejo Sexual Hipoativo e Ejaculação Precoce.

Apesar de ser mais frequente nos homens idosos (80% dos homens com mais de 75 anos apresentam dificuldades de ereção), este problema pode surgir em qualquer idade.

Nota: estas informações foram retiradas parcialmente do DSM-IV TR​

 

Avenida Elias Garcia, 137, 4º

1050-099 Lisboa

Tel: 969091221

  • Facebook Social Icon
  • Blogger Social Icon