back ground chine.jpg

T. Cognitivo Comportamental 

Terapia Cognitivo Comportamental 

A Terapia Cognitivo Comportamentaltem provado ser altamente eficaz para o tratamento de diversas perturbações.

A Terapia Cognitivo Comportamental é uma abordagem psicoterapêutica, baseada em princípios científicos, indicada para um largo espectro de perturbações mentais e problemas físicos.

Como é uma abordagem diretiva, e focada no problema atual do paciente, é possível ver resultados a curto prazo (se comparada com outro tipo de abordagens). É o método psicoterapêutico mais testado e comprovado. Pode ser usada em várias perturbações.

01.jpg

Ansiedade

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-4-400x216.jpg

P.Obsessivo Compulsiva

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-9-400x216.jpg

Perturbação Do Sono

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-2-400x216.jpg

Depressão

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-5-400x216.jpg

Autocontrole

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

01.jpg

Disfunções Sexuais

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-3-400x216.jpg

Stress

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

ls3-6-400x216.jpg

Disturbios Alimentares

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

01.jpg

TESTE

Brevemente teremos uma

página dedicada

a este tema!

Foto Página Terapia.jpg

Perguntas Frequentes :

É possível ter consultas online?


A comunicação à distância cria possibilidades cada vez mais próximas daquilo que é o contacto real entre as pessoas. Não obstante, o instrumento central da Intervenção Psicológica é a relação interpessoal, pelo que qualquer alteração à mesma poderá ter implicações no processo de intervenção. É importante, por isso, que o cliente que recorre aos serviços de um psicólogo à distância, nomeadamente com recurso a vídeo-conferência, telefone, ou e-mail, esteja consciente das limitações existentes. Os resultados da Intervenção Psicológica à distância são reconhecidamente positivos, existindo um elevado número de estudos científicos que a legitimam. Contudo, não se pode afirmar que os resultados sejam os mesmo da intervenção face a face. A responsabilidade do psicólogo é exatamente a mesma que na intervenção face a face, colocando-se o mesmo Código Deontológico. Deve ainda existir um endereço físico, bem como, uma forma de identificar o psicólogo, nomeadamente através da sua cédula profissional. A intervenção à distância deve ser realizada apenas em situações que a justifiquem, relacionadas com o problema em causa ou por situações que impossibilitem a intervenção face a face. O cliente está ciente das especiais dificuldades relacionadas com a privacidade. O psicólogo não tem condições de garantir privacidade absoluta neste tipo de comunicação. Fonte: Ordem dos Psicólogos Portugueses