As relações entre o sexo e a ciência

Pode tentar o exercício, a alimentação, a roupa, o perfume, mas a verdade é que, quando não se trata de um problema de saúde, quem comanda o desejo sexual é a cabeça. O bom tempo, os dias mais longos, os corpos bronzeados e com menos roupa, a praia, as férias… são mesmo afrodisíacos? “É indiscutível que uma pessoa que se sente bem com o seu corpo e consigo própria, tem a autoestima e disponibilidade sexual muito menos afetada do que numa situação oposta”, diz ao Observador Fernando Mesquita, psicólogo clínico e terapeuta sexual. Parece pois, claro como água das Caraíbas. Mas como falar de sexo ainda é muitas vezes tabu, o Observador recolheu alguns conselhos de terapeutas sexuais portugueses

Um amor e duas cabanas

Um amor e duas cabanas. O namoro reinventou-se? São opções: há quem escolha manter a chama acesa vivendo separado. Individualidade e respeito pelo espaço do outro são as razões mais comentadas. Mas haverá também um medo de compromisso? Madalena, 44, sempre teve o desejo de ser independente. Ter uma casa e vida próprias e construir uma carreira a sangue e suor eram sonhos sem data. De tanta ambição nasceu outra, a de viver por conta própria, coisa que faz há 12 anos numa casa decorada a gosto nos arredores da capital. Vive sozinha como sempre viveu, mesmo namorando com aquele que diz ser o homem certo. “Hoje em dia está tudo tão institucionalizado na minha vida — a rotina, os horários –, que

DESTAQUES
Novidades do Blog
Arquivo
Tags
Veja também:
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

Campo Grande, N. 4, 6º Dt

1700-092 Lisboa

Tel: 969091221

  • Facebook Social Icon
  • Blogger Social Icon